Análise da 8ª Jornada da XXIII Edição da Pharma Futsal Cup

Escrito por Tiago Soares ligado . Publicado em Pharma Futsal Cup

De seguida, apresentamos a análise da 8ª Jornada da XXIII Edição da Pharma Futsal Cup, com um breve resumo de cada uma das partidas da divisão:

3 Jogos Disputados

35 Golos Marcados

2 Cartões Amarelos

0 Cartões Vermelhos 

 Janssen 1 – 11 ANF

A caminhada da ANF rumo ao título está perto do fim. Já se vislumbra lá ao longe, o tão aguardado troféu, que a formação verde e preta tanto fez por merecer. Mas cuidado, que ainda faltam jogar duas partidas e os respectivos seis pontos em disputa podem fazer toda a diferença no que às contas finais diz respeito. E foi precisamente a pensar neste aspecto que os líderes da classificação entraram em campo, extremamente focados no seu objectivo e sem descurar a estratégia que traziam para mais este encontro. Uma defesa sólida aliada a um ataque voraz, permitiram ao primeiro classificado da tabela somar mais uma vitória robusta, frente a uma Janssen que tudo fez para contrariar o favoritismo do adversário, mas que se viu impotente para fazer frente à avalanche ofensiva que se apoderou da baliza de Carlos Mestre. Assim sendo, não sofre qualquer contestação a vitória final da ANF, abrilhantada pelo Poker de André Violante e pelo hattrick de Nélson Santos, que foram sempre os dois maiores quebra-cabeças para a defensiva azul. Com este resultado, fica a faltar apenas um ponto à ANF para se sagrar vencedora da XXIII Edição da Pharma Futsal Cup, algo que poderá ocorrer já na próxima partida com a Glintt ou no derradeiro encontro da temporada, frente à GILEAD.

MVP Janssen: Miguel Varela

MVP ANF: André Violante 

Glintt 10 – 0 GILEAD

Outra das vitórias fáceis da noite foi para a Glintt, que não sentiu dificuldades de maior em levar de vencida a GILEAD, formação que teima em não abandonar a cauda da tabela, apesar das boas exibições que tem vindo a rubricar. Neste caso em concreto, pode dizer-se que este foi um daqueles jogos em que “muda aos cinco e acaba aos dez”. Tal e qual, sem tirar nem pôr. Ao intervalo o marcador assinalava uns expressivos 5-0, que não deixavam margem para dúvidas no que ao vencedor diz respeito. O segundo tempo serviu apenas para confirmar a superioridade da “Laranja Mecânica” que, não tirando o pé do acelerador, viu o inspirado Sílvio Neto assinar um Poker para a sua conta pessoal, obtendo quatro golos de belo efeito. Apesar do esforço dos seis bravos guerreiros da GILEAD, não havia nada a fazer, nem forma de dar a volta ao texto. Os dois últimos resultados foram bastante penalizadores para a formação branca e encarnada, contudo, a perseverança mantém-se até final, em busca do tão desejado triunfo que os possa inspirar para nova temporada que se avizinha.

MVP Glintt: Sílvio Neto

MVP GILEAD: Gonçalo Faria 

Novartis 4 – 8 Alliance Healthcare

Apesar da diferença no marcador apontar para um triunfo seguro da Alliance Healthcare, desengane-se quem pensar que foi assim tão fácil, porque, na realidade, não foi. Os primeiros minutos de jogo trouxeram ao de cima o equilíbrio entre as duas equipas, prova da competitividade que se tem notado ao longo de toda a competição. Ao intervalo, a igualdade a duas bolas deixava antever uns segundos vinte minutos electrizantes, no entanto, a entrada forte da formação da Alliance Healthcare, revelou-se determinante para o desenrolar do encontro. Nem o golo de Paulo Carvalho, que empatou novamente a partida e recolocou a Novartis na discussão da mesma, conseguiu atenuar a fome de bola dos adversários que, pé ante pé, dispararam no marcador, chegando a uns esclarecedores 7-3. Gonçalo Nolasco e companhia, foram conquistando uma vantagem segura e que lhes dava margem para controlar a partida, acabando por consentir apenas mais um tento, nada que ameaçasse a vitória final. Terminados os quarenta minutos de jogo, o triunfo cairia para o lado da equipa do Forte da Casa, que ganha assim a dianteira no que à medalha de prata diz respeito, numa luta a ombro a ombro com a Glintt, que promete ser bastante animada até final. Quanto à Novartis, alheados que estão dos três primeiros postos, resta-lhes agora lutar pela fuga à cauda da tabela, numa disputa que terá o seu epílogo na última jornada, num autêntico derby frente à Janssen.

MVP Novartis: Carlos Moita

MVP Alliance Healthcare: Gonçalo Nolasco 

Na próxima semana teremos a 9ª Jornada da prova, com o seguinte alinhamento de jogos: 

 13/12/2017 - 21h00 – GILEAD vs Novartis

13/12/2017 - 21h50 – Glintt vs ANF

13/12/2017 - 22h40 – Alliance Healthcare vs Janssen

Análise da 7ª Jornada da XXIII Edição da Pharma Futsal Cup

Escrito por Tiago Soares ligado . Publicado em Pharma Futsal Cup

De seguida, apresentamos a análise da 7ª Jornada da XXIII Edição da Pharma Futsal Cup, com um breve resumo de cada uma das partidas da divisão:  

Glintt vs Janssen: 3 - 4

O primeiro jogo da noite colocava frente a frente a favorita Glintt e a Janssen que vinha a subir de forma semana após semana. A Glintt entrou forte nos primeiros minutos controlando a partida e tendo duas oportunidades flagrantes, sendo que, numa delas, a laranja mecânica viu o poste negar-lhe o golo. Do outro lado a Janssen bem orquestrada pelo Rodrigo e com o João Correia endiabrado fez facilmente dois golos, um de cada, demonstrando uma excelente organização a defender e a sair para o contra-ataque com rigor. Entretanto os últimos minutos da primeira parte mudaram completamente o jogo, as saídas para descanso do Rodrigo e do João Correia, conjugadas com a entrada do João Coelho da Glintt viraram o jogo do avesso. João Coelho mostrava-se descontente com o resultado e depois de reduzir ainda foi a tempo de conduzir a equipa a mais dois golos: Bruno Santos e Tiago Mestre de livre directo após a sexta falta.

Na segunda parte, muitos já pensavam que os dois primeiros golos da Janssen tinham sido fruto do acaso mas o Rodrigo e o João Correia voltaram ao jogo e fizeram mais um golo cada um, virando novamente o jogo. Nos últimos instantes do jogo em que a Glintt procurava o empate, mais com o coração do que com a cabeça, ainda vimos Tiago Mestre quase bisar de livre directo, novamente após a sexta falta, mas desta vez a trave negou-lhe o golo.

Foi uma excelente partida de futebol com todos os condimentos.

MVP Glintt – João Coelho

MVP Janssen – João Correia

Resumo do jogo: https://www.youtube.com/watch?v=rrxerydMBso&t=4s

Vídeo do jogo: https://www.youtube.com/watch?v=9JfRb8UV9ro 

ANF vs Novartis: 4 - 0

O líder recebia a Novartis que estava desfalcada e tornava-se assim ainda mais previsível o que iria acontecer e os mais pessimistas já esperavam uma avalanche de golos. Mas não, apesar de ausência de banco, em comparação à ANF que tinha uma “segunda equipa” à disposição, a Novartis portou-se lindamente e conseguiu segurar muito bem todos os momentos do jogo. Pedro Ribeiro sempre bem a decidir e Roberto sempre a motivar os colegas iam adiando os golos neste jogo. Nem o mágico Nélson Santos conseguia encontrar espaços para fazer a diferença. Fomos assim para o intervalo com um 0-0, que até então, embora a posse de bola tenha sido maioritariamente da ANF, tinha que ser considerado justo pelo excelente desempenho defensivo da Novartis.

Na segunda parte tudo mudou, o cansaço apoderou-se dos jogadores da Novartis e a excelente rotatividade feita pelo Mister da ANF rapidamente deu frutos e os golos começaram a surgir com naturalidade e acompanhados de um futebol muito mais atraente porque a Novartis ao tentar dar a volta ao resultado começou a abrir espaços na defesa bem aproveitados pelo Nélson Santos, autor de um bis, Pedro Quintas de livre após uma falta ganha por ele com um gesto técnico perfeito e Rúben Teixeira que assinalou o golo da época com o guarda-redes da Novartis a ter feito lembrar Svilar num lance que certamente nunca mais acontecerá em nenhum pavilhão de futsal do planeta (ver vídeo).

MVP ANF – Nélson Santos

MVP Novartis – Roberto Barros

Resumo do jogo: https://www.youtube.com/watch?v=DXILDYpcALM&t=15s

Vídeo do jogo: https://www.youtube.com/watch?v=B0ntQ7VDb0E 

Gilead vs Alliance: 0 - 17

Era fácil começar a falar deste jogo considerando o resultado, era uma justa homenagem ao Tiago Serralheiro falarmos dos seus 6 golos e dos outros vários jogadores que marcaram e cometeram esta proeza de vencer por números que já não são habituais. Mas, e sem querer tirar toda a qualidade e toda a justiça desta vitória aos homens da Alliance, temos que dar uma palavra de apreço à Gilead. A Gilead, já basta estar a atravessar um mau momento, como podemos verificar olhando para a sua classificação, compareceu com 6 elementos, sendo que o seu elemento mais preponderante, Jorge Vieira, se lesionou nos primeiros minutos de jogo condicionando todo o jogo da Gilead que foi a perder para o intervalo por 4-0.

Já na segunda parte problemas musculares, incomodaram outro jogador da Gilead. Com todos estes contratempos nunca viraram a cara à luta, sempre demonstraram um fair play acima do normal e por mais estranho que possa parecer lutaram sempre como se o jogo estivesse 0-0. É de louvar este espírito numa equipa que foi fortemente goleada. Os nossos parabéns à Alliance pelo seu brilhantismo e por nunca ter menosprezado o adversário, sendo sempre fiéis aos seus princípios e à Gilead pelo seu espírito de fair play, desculpem-nos a redundância mas estes actos cada vez mais raros têm que ser assinalados.

MVP Gilead – André Marques

MVP Alliance -  Diogo Paulino

Resumo do jogo: https://www.youtube.com/watch?v=Vs3WqhHwz_w&t=7s

Vídeo do jogo: https://www.youtube.com/watch?v=LoKmn04dUZE

Na próxima semana teremos a 8ª Jornada da prova, com o seguinte alinhamento de jogos:  

21h00 – ANF vs Janssen-Cilag

21h50 – Gilead vs Glintt

22h40 – Alliance vs Novartis

AS 9ª e 10ª jornadas serão disputadas nos dias 13 e 20 de Dezembro respectivamente.

Toda a informação disponível em tempo real através de www.facebook.com/linksport ou em http://linksport.pt/index.php/pharma-futsal-cup/xxiii-pharma-futsal-cup/1-divisao

 

Análise da 6ª Jornada da XXIII Edição da Pharma Futsal Cup

Escrito por Tiago Soares ligado . Publicado em Pharma Futsal Cup

De seguida, apresentamos a análise da 6ª Jornada da XXIII Edição da Pharma Futsal Cup, com um breve resumo de cada uma das partidas da divisão:  

3 Jogos Disputados 

15 Golos Marcados 

4 Cartões Amarelos 

0 Cartões Vermelhos  

Janssen 6 – 1 GILEAD 

E ao sexto jogo, foi de vez. Depois de cinco jornadas em busca do tão aguardado triunfo, eis que, no início da segunda volta, surge a primeira vitória da formação azul na prova, o que os irá, certamente, empurrar para uma recta final mais motivante e de maior confiança. Desde cedo a Janssen mostrou ao que vinha, apresentando-se com um jogo bastante seguro, assente numa capacidade defensiva assinalável e numa propensão ofensiva natural. Como tal, os golos não tardaram a aparecer. O primeiro tempo contou com três, todos para a formação azul, que deixava a balança muito inclinada para um dos lados. Alheios a tudo, os homens da GILEAD foram tentando de tudo para inverter o rumo dos acontecimentos, no entanto, apesar de nunca terem virado a cara à luta e de nunca terem baixado os braços, a tarefa era extremamente difícil, ainda para mais, limitados a cinco jogadores de campo e sem um guarda-redes natural na baliza. O passar dos minutos acabou por acentuar esta diferença no marcador, que terminou com uns esclarecedores 6-1, resultado que dita a aproximação da Janssen à metade superior da tabela e que deixa a GILEAD, cada vez mais, com a lanterna vermelha nas mãos. 

MVP Janssen: Tiago Barros 

MVP GILEAD: Ricardo Vitorino  

Novartis 2 – 4 Glintt 

O duelo entre estas duas equipas era já bastante aguardado, até porque, depois do empate a duas bolas no encontro da primeira volta e, com ambas as formações empatadas na classificação, o jogo ganhava outros contornos de importância. Assim sendo e, ao contrário do que era até expectável, nenhuma das equipas se inibiu de atacar a baliza adversária desde cedo, apostando ambas numa toada mais ofensiva, em prol de uma segurança defensiva, típica dos jogos decisivos. A grande diferença no primeiro tempo, acabou por ser a capacidade de finalização, com a formação da Glintt a revelar pontaria bastante afinada, colocando a bola por três vezes no fundo das redes da baliza defendida por Paulo Rodrigues, que nada pôde fazer para evitar os golos advserários. Como diz o ditado: “o que não tem remédio, remediado está”, portanto, nada mais havia a fazer que não fosse partir para cima do adversário, de forma a tentar virar a partida a seu favor. O golo de Roberto Barros ainda deu algum ânimo à Novartis, que passou a ver uma luz ao fundo do túnel, no entanto, os minutos foram passando e as reais possibilidades de vencer iam-se esvaindo. O triunfo final da Glintt, catapulta-os novamente para os lugares cimeiros da competição, desta feita, para o segundo posto da classificação, passando a ser os principais objectores à vitória da ANF, que conta agora com quatro pontos de vantagem. Quanto à Novartis, ainda nada está perdido e, se o título não é já mais do que uma miragem, a medalha de prata está já ali a três pontos de diferença, pelo que, há que manter a cabeça levantada e lutar pela melhor classificação possível. 

MVP Novartis: Francisco Silva 

MVP Glintt: Tiago Arouca 

Alliance Healthcare 0 – 2 ANF 

O jogo grande da jornada colocava frente a frente, os dois primeiros classificados da prova, num embate excitante e de emoções fortes. De um lado, uma formação da ANF, que sofreu algumas baixas importantes no plantel nos últimos tempos, frente a uma Alliance Healthcare que, apesar dos maus resultados recentes, via o seu pivot regressar após duas jornadas de ausência. Assim sendo, pode-se dizer que estavam reunidas todas as condições para um excelente espectáculo de futsal, o que se confirmaria, minutos depois, dentro da quadra. Duas excelentes equipas, que se preocuparam apenas em vencer e em praticar aquilo que melhor sabem: futsal. A entrada forte da ANF, valeu-lhes dois golos de rajada, ambos da autoria de Ruben Teixeira, que rubricou uma exibição de luxo. Até ao intervalo e, apesar das constantes investidas da formação azul e branca, o marcador não sofreu mais alterações. No segundo tempo, a toada manteve-se, com a Alliance Healthcare sempre em busca do golo, sempre à procura daquele tento que lhes trouxesse ainda mais ânimo, contudo, os minutos passavam e a bola teimava em não entrar, com o guardião João Batista em plano de destaque, a rubricar um punhado de grandes defesas e a manter as suas redes invioladas. Com o aproximar do final da partida, os nervos começaram a tomar conta de uma e outra equipa e, o jogo perdeu qualidade, passando a centrar-se mais nos duelos individuais, nas quezílias entre atletas, do que naquilo que realmente importa, a prática do futsal. O apito final chegaria com o minuto quarenta, confirmando a vitória da ANF, que vinga assim a derrota da primeira volta e se isola na frente da tabela classificativa, contando agora com quatro pontos de vantagem sobre a Glintt e cinco sobre a Alliance Healthcare, que vê assim o título mais longe, mas ainda ao seu alcance, apesar de já não dependerem apenas de si próprios. 

MVP Alliance Healthcare: Rui Ramos (GR) 

MVP ANF: Ruben Teixeira  

Na próxima semana teremos a 7ª Jornada da prova, com o seguinte alinhamento de jogos:   

21h00 – Glintt vs Janssen 

21h50 – ANF vs Novartis 

22h40 – GILEAD vs Alliance Healthcare 

Toda a informação disponível em tempo real através de www.facebook.com/linksport ou em http://linksport.pt/index.php/pharma-futsal-cup/xxiii-pharma-futsal-cup/1-divisao

Análise da 5ª Jornada da XXIII Edição da Pharma Futsal Cup

Escrito por Tiago Soares ligado . Publicado em Pharma Futsal Cup

De seguida, apresentamos a análise da 5ª Jornada da XXIII Edição da Pharma Futsal Cup, com um breve resumo de cada um dos jogos da competição: 

3 Jogos Disputados

20 Golos Marcados

5 Cartões Amarelos

1 Cartão Vermelho 

Novartis 4 – 4 Janssen

A antevisão alertara precisamente para o perigo em que se vem tornando esta renovada formação da Janssen, conjunto que conta com algumas caras novas, que vieram dar outra alegria à equipa e aumentar o número de soluções. Com todas estas vicissitudes e, apesar do crescendo de forma, a tarefa da Novartis tornava-se ainda mais difícil do que já era. A entrada a vencer na partida, tinha tudo para lhes conferir a segurança e a tranquilidade necessárias, no entanto, a reviravolta não tardou e depressa a Janssen se colocou na frente do marcador. O empate consentido a escassos segundo do intervalo, não os retirava do objectivo de vencer, algo que ficou novamente mais perto, quando João Correia bisou e recolocou a sua equipa na frente do marcador. A “remontada” estava novamente consumada mas Roberto Barros ainda tinha uma palavra a dizer, empurrando a formação azul e branca para a frente, o que lhes valeu nova liderança do marcador, quando restavam já poucos minutos para o final. Costuma-se dizer que não há duas sem três mas, desta feita, a terceira reviravolta acabaria por não se consumar, sendo que, o tento final de Tiago Barros, esteve perto de ser histórico, acabando o empate por se aceitar, numa partida extremamente disputada e bem jogada entre todos os intervenientes.

MVP Novartis: Roberto Barros

MVP Janssen: João Correia

Resumo do jogo: https://www.youtube.com/watch?v=PXgZVDxOflE

Jogo completo: https://www.youtube.com/watch?v=TFaaj7hNhGw 

GILEAD 1 – 5 ANF

A “folga” da semana passada parece ter dificultado ainda mais a tarefa dos pupilos da GILEAD que, desde cedo, se viram a perder no encontro, tendo de correr logo atrás do prejuízo. Quem pouco se importou com isso foi a ANF que, pé ante pé, lá foi cimentando uma vantagem confortável, que lhes permitia chegar ao intervalo a vencer por quatro bolas a uma. Nota de destaque deste primeiro tempo, mas pela negativa, para a lesão arrepiante de António Oliveira, talentoso guardião da ANF, a quem desejamos desde já as rápidas melhoras e um regresso tão breve quanto possível. Alheios a este infortúnio, os seus companheiros mantiveram o pé no acelerador, tentando também acalmar as investidas da GILEAD, que tudo fez no segundo tempo para amenizar a diferença no marcador e para diminuir a desvantagem mas, os homens de verde e negro queriam a todo o custo dedicar o triunfo ao seu azarado guarda-redes, acabando por vencer por uns claros 5-1, resultado que os deixa na liderança isolada da prova, após o empate a três bolas que se sucederia no jogo seguinte, entre a Alliance Healthcare e a Glintt.

MVP GILEAD: António Pereira

MVP ANF: Nuno Gomes

Resumo do jogo: https://www.youtube.com/watch?v=TCNa99t4TjU

Jogo completo: https://www.youtube.com/watch?v=ZFXdzYSoFMc

Alliance Healthcare 3 – 3 Glintt

O passado recente da competição contava com apenas um desafio entre estas duas equipas, cuja vitória acabaria por sorrir aos então estreantes Alliance Healthcare, por claros 3-0. Com esse desaire bem presente nas suas mentes e com a possibilidade de ultrapassarem o seu adversário na tabela, os atletas da Glintt entraram em campo determinados a garantir os três pontos. Quem não ia, seguramente, facilitar a tarefa do adversário, era a formação azul e branca, que depressa mostrou ao que vinha, colocando-se rapidamente na frente do marcador. Era ainda muito cedo mas, mais vale sair na frente que ter de correr atrás do prejuízo. Apesar de tudo, a Glintt não se mostrou afectada com o golo consentido e partiu para a discussão da partida, consumando a reviravolta em apenas um minuto, com dois golos de rajada, da autoria de Hugo Reis e de Paulo Ruiz. O paradigma mudava por completo para os líderes da classificação, que se viam agora a perder, mas o empate não tardaria, resultado com que se atingiria o final dos primeiros vinte minutos. O segundo tempo foi pródigo em emoções fortes, mas parco em golos. Um apenas para cada lado, mantiveram o empate até final, resultado que acaba por penalizar ambas as equipas, que se veêm afastadas do topo da classificação, muito por culpa própria, uma vez que, ambas tiveram ocasiões mais que suficientes para arrecadar o triunfo, mas pecaram bastante na finalização, pagando cara a factura final. Em suma, pode dizer-se que a vitória podia ter caído para qualquer um dos lados, mas acabou por se manter ao centro, obrigando a divisão de pontos entre as duas equipas.

MVP Alliance Healthcare: Gonçalo Nolasco

MVP Glintt: Paulo Ruiz

Resumo do jogo: https://www.youtube.com/watch?v=MzvqEWeHTiY

Jogo completo: https://www.youtube.com/watch?v=IwIGV3WNTbs

Na próxima semana teremos a 6ª Jornada da prova, com o seguinte alinhamento de jogos:

21h00 – Janssen vs GILEAD

21h50 – Novartis vs Glintt

22h40 – Alliance Healthcare vs ANF 

Toda a informação disponível em tempo real através de www.facebook.com/linksport ou em http://linksport.pt/index.php/pharma-futsal-cup/xxiii-pharma-futsal-cup/1-divisao

Antevisão da 7ª Jornada – Pharma Futsal Cup: XXIII Edition

Escrito por Tiago Soares ligado . Publicado em Pharma Futsal Cup

De seguida, apresentamos a antevisão da 7ª Jornada da XXIII Edição da Pharma Futsal Cup: 

29/11/2017 – 21h00: Glintt vs Janssen

Duas equipas que vêm de vitórias muito saborosas, sobre adversários directos, que as catapultaram para outros patamares competitivos, agora que nos aproximamos a passos largos do final da temporada. Este será mais uma partida de emoções fortes, que irá obrigar a quarenta minutos de concentração máxima. 

29/11/2017 – 21h50: ANF vs Novartis

Os estados de espírito de uma e outra equipa encontram-se nos extremos: a ANF vem de um triunfo altamente moralizadora, ao passo que, a Novartis sofreu uma derrota que poderá ter ditado o afastamento definitivo da luta pelo título. Este será, seguramente, um encontro que exigirá nervos de aço de um e de outro lado, para tentarem ultrapassar mais este duro desafio. 

29/11/2017 – 22h40: GILEAD vs Alliance Healthcare

A derrota na jornada passada comprometeu a luta pelo primeiro lugar, contudo, ainda nada está perdido para a Alliance Healthcare, que ainda mantém uma réstia de esperança. Do outro lado da barricada, estará uma GILEAD que promete melhorar as suas prestações nesta recta final do campeonato, de forma a dar um maior colorido à pobre classificação que ocupam neste momento. 

Podem consultar o calendário da competição através de: 

http://www.linksport.pt/index.php/pharma-futsal-cup/xxiii-pharma-futsal-cup/1-divisao

Antevisão da 6ª Jornada – Pharma Futsal Cup XXIII Edition

Escrito por Tiago Soares ligado . Publicado em Pharma Futsal Cup

De seguida, apresentamos a antevisão da 6ª Jornada da XXIII Edição da Pharma Futsal Cup: 

22/11/2017 – 21h00: Janssen vs GILEAD

O início da segunda volta da temporada está a começar a mexer com estas duas formações, sobretudo, no que à fuga aos últimos lugares da classificação diz respeito. Os resultados não têm sido os melhores, contudo, a segunda metade da prova pode trazer várias mudanças de paradigma. 

22/11/2017 – 21h50: Novartis vs Glintt

Duas equipas que estão proibidas de perder pontos, sob pena de verem escapar, definitivamente, o comboio do título. A quatro pontos dos líderes e, já não dependendo apenas de si, tudo farão para conquistar os três pontos e seguir na peugada do primeiro lugar. 

22/11/2017 – 22h40: Alliance Healthcare vs ANF

A recta final da prova aproxima-se a passos largos e, a corrida ao título, começa a definir os verdadeiros candidatos. A derrota na primeira volta ainda está bem presente na mente do conjunto verde, pelo que, sede de vingança é grande. Conseguirá a Alliance Healthcare repetir a façanha e reconquistar o primeiro posto? Um jogo de nervos que vai deixar ambas as equipas em extâse.

Podem consultar o calendário da competição através de: 

http://www.linksport.pt/index.php/pharma-futsal-cup/xxiii-pharma-futsal-cup/1-divisao

 

Antevisão da 5ª Jornada – Pharma Futsal Cup XXIII Edition

Escrito por Tiago Soares ligado . Publicado em Pharma Futsal Cup

De seguida, apresentamos a antevisão da 5ª Jornada da XXIII Edição da Pharma Futsal Cup: 

15/11/2017 – 21h00: Novartis vs Janssen

A vitória na “secretaria” da jornada passada manteve a Novartis na rota do título, a apenas dois pontos do duo da frente. Numa altura em que nos aproximamos da fase das grandes decisões, um novo triunfo pode catapultá-los para uma recta final de muitas alegrias, contudo, a Janssen também quer dar o salto e vai dificultar ao máximo a tarefa do adversário. 

15/11/2017 – 21h50: GILEAD vs ANF

Duas equipas em momentos diferentes de forma, que querem a todo o custo garantir os três pontos, de forma a manterem os seus objectivos intactos à entrada para a segunda volta da competição. A ANF sonha com o título, algo que ficou mais próximo com a vitória da jornada passada, no entanto, a GILEAD tudo fará para largar a lanterna vermelha, ou seja, tudo pode acontecer em quarenta minutos electrizantes. 

15/11/2017 – 22h40: Alliance Healthcare vs Glintt

A última jornada da primeira volta traz-nos um duelo excitante, entre dois dos mais fortes candidatos ao título. A Alliance Healthcare entrará em campo com a moral em cima, depois da vitória tangencial da semana passada, ao passo que, a Glintt, ferida no seu orgulho depois da derrota frente à ANF, vai fazer das tripas coração para levar de vencida este duro opositor que, seguramente, irá causar muitas dificuldades à Laranja Mecânica. 

Podem consultar o calendário da competição através de: 

http://www.linksport.pt/index.php/pharma-futsal-cup/xxiii-pharma-futsal-cup/1-divisao

 

 

Padel

  •  width=
  •  width=
  •  width=
  •  width=
  •  width=
  •  width=
  •  width=
  •  width=
  •  width=
  •  width=
  •  width=
  •  width=
  •  width=
  •  width=
  •  width=
  •  width=
  •  width=
  •  width=
  •  width=
  •  width=
  •  width=
  •  width=
  •  width=
  •  width=
  •  width=
  •  width=
  •  width=
  •  width=
  •  width=
  •  width=
  •  width=
  •  width=
  •  width=

Futsal

Karting

  •  width=
  •  width=
  •  width=
  •  width=
  •  width=
  •  width=
  •  width=
  •  width=
  •  width=
  •  width=